Postagens populares

domingo, 7 de junho de 2015

Preparando sua casa para gatos: os novos moradores do Cafofo

Nossa, isso foi um record! Tanta coisa acontecendo e meu bloguinho foi esquecido completamente.

Bom, vamos começar pelo motivo de eu não ter mais muito tempo...

Na esquerda Mia, na direita Teo

Em 13/12/2014, essas duas delicinhas entraram em nossas vidas com tudo, arrebatando de vez nossos corações.
André dizia que queria cachorro, que gato era sem graça... hoje não dá pra puxar assunto de gato com ele em festinhas, porque ele vai falar sem parar sobre eles. Foi completamente convertido e ama perdidamente seus gatinhos!
Se perguntarem a ele hoje se prefere cachorro ou gato, ele dirá que gosta igualmente dos dois... mas algo me diz que ele gosta mais de gato, só não quer dar o braço a torcer! haha

Eles vieram de uma casa onde 3 gatas engravidaram juntas, dando luz à VINTE gatinhos quase ao mesmo tempo.
Como meu apê tem apenas 53m², adotei  2... mas gostaria de ter levado todos pra casa comigo. Apenas torço que tenham encontrado um lar cheio de amor, assim como Teo e Mia encontraram.

Adotá-los foi a melhor coisa que já fizemos! A melhor "aquisição" desse humilde cafofo =)

Ao adotá-los, nos preocupamos em criar o melhor espaço possível para eles. Então muita coisa mudou por aqui nesses 6 meses. Vamos lá!



Delimitando o espaço para momentos sem supervisão:

Trabalhamos durante o dia, então achamos mais seguro delimitar a área deles de alguma forma.
Por exemplo, além de anti-higiênico, tê-los andando sem supervisão pela cozinha é bastante perigoso.. podem acender o gás, derrubar facas, etc. É sempre bom pensar na segurança dos pequenos!
A solução foi a colocação de uma porta no corredor. Assim durante o dia eles ficam apenas na área do quarto, escritório, banheiros e corredor.
Como tudo que optei para a sala foi pensado tentando manter a ideia de amplitude, com essa porta não poderia ser diferente. Escolhemos uma porta de correr de vidro, que fica presa apenas por cima, sem nenhum tipo de trilho no chão.
Encomendamos na vidraçaria nas medidas que queríamos.
O resultado agradou... é como se nem tivesse porta ali. Ótimo! =)

Quem encontrar o Teo na foto, ganha uma bala Juquinha!

Água... muita água!

Gatos tem o péssimo costume de beber pouca água, e com isso sofrem muito com problemas renais... que é uma das maiores causas de morte dos pequenos felinos.
Então é sempre bom pensar em formas de estimulá-los a beber o líquido precioso.
Ao invés de um simples potinho com água, porque não uma fonte com uma cascata de água caindo? Os meus adoram! Bebem muita água.
De vez em quando jogo umas pedrinhas de gelo na fonte.. eles se divertem ainda mais vendo o gelo derreter, e adoram beber a água geladinha!

Ainda pequenos!
Teo já grande, em um momento relax olhando a água cair...


Caixas de areia:

A conta é simples: para cada gato, 1,5 caixas de areia na casa. Ou seja, se tenho dois gatos, preciso de 2 x 1,5 = 3 caixas de areia.
"Ah... mas a minha casa é pequena..."
"Ah, se eu for botar tudo isso de caixa vou ter que sair da casa..."

"Ah... mas esse bando de caixas de areia vai detonar minha decoração."

Sem mimimi.... querendo, sempre tem espaço e jeito. Meu apartamento é pequeno e eu coloquei as 3 caixas pra eles... e elas ficaram razoavelmente escondidas. Dá-se um jeito!

O assunto é sério. Gatos são animais muito limpos, se ele faz "o número 2" na caixa de manhã, é bem possível que ele passe o dia segurando o xixi pra não ter que entrar na caixa suja de popô pra se aliviar. Vai esperar você chegar em casa e limpar a caixa, para aí sim fazer seu xixizinho... até lá ele segura (ou faz no meio da sua sala, ó que beleza!).
Isso novamente é péssimo para os rins do bichinho, sendo mais um motivo dos problemas renais serem tão comuns.
Por isso, dê opção a ele! Se uma caixa estiver suja, ele irá na outra limpa, e todos serão felizes (e saudáveis) para sempre.
E claro, limpe as caixas de areia com frequência. Aqui em casa limpo de manhã quando acordo, e a noite quando chego do trabalho. Juro que já entrou na rotina e não toma quase tempo nenhum... revezo com o namorido e fica mais fácil ainda.
E nas trocas de areia, eu lavo a caixa toda com água e sabão.
(Aliás, fica a dica: areia sílica é vida! Não deixa cheiro nenhum e dura até 1 mês.. enquanto as outras devem ser trocadas a cada 3 ou 4 dias... eu não teria saco!)

Comprei dessas caixas fechadas. São mais caras mas valem a pena.. Os gatos tem o costume de enterrar seus dejetos, e nisso, se a caixa for aberta vai areia pra todo lado! Então vale investir ;)
A minha é a de baixo.. comprei uma azul, uma verde e uma rosa na loja Petlove. Ela tem um filtro que impede a saída do odor de dentro da caixa, melhor ainda! A porta também é bem legal, evita de vez que a areia saia nos momentos em que estão enterrando.

Banheiro American Pets Cathy com Filtro Coberto


Telas, telas e mais telas:

Sim... gatos são animais exploradores!
Tirar deles a possibilidade de desbravar as redondezas é algo ruim para a natureza dos bichanos? Talvez. 
Mas é um preço muito pequeno se pensarmos em tudo que se ganha deixando-os dentro de casa. Os prós ganham FÁCIL dos contras aqui nesse duelo.
A expectativa de vida de um gato criado solto é de menos de 3 anos... enquanto que os criados presos vivem até 20 anos. Contra fatos não há argumentos, certo?
Gatos soltos podem se envolver em brigas, ser atropelados, contrair doenças, gerar crias indesejadas (se não castrados), sofrer maldades nas mãos de "gente" que não gosta de gatos, etc... Não vale a pena e não existem mais dúvidas sobre esse assunto.
Posso dizer que os meus são perfeitamente felizes dentro de casa... sair de casa não é algo que eles sentem falta, aliás, eles tem até medo da rua! É tudo uma questão de costume... Quem nunca comeu chocolate não vai sentir falta da guloseima, certo? É a mesma coisa.
Então, antes mesmo deles aprenderem a pular na cama, eu já tinha telas em todas as minhas janelas. 
O Teo ainda nem consegue pular na janela, na verdade... a Mia já consegue há tempos. Mulheres... sempre adiantadas.. hehe =P


Teo, dono apaixonado e Mia


Tocas e esconderijos:

Um estudo diz que gatos que tem esconderijos pela casa são mais felizes e tranquilos.
E não precisa torrar dinheiro na petshop, uma simples caixa já é um começo.
Aqui em casa improvisamos com uma caixa, uma almofada e uma camiseta: voilá! Temos uma toca supimpa =)
Na internet existem várias ideias de tocas no melhor estilo "faça você mesmo", é só pesquisar e mãos a obra!

Toca feita com caixa, almofada e camiseta
Uma simples caixa já quebra um galho e vira um local querido


Protegendo sofás das temidas unhas! Tecido milagroso!

Ai ai.... como gostam de arranhar!
Aqui, antes mesmo de ir buscá-los providenciei capas para os meus dois sofás. O tecido mágico é o Acquablock, da Karsten. A unha deles não consegue entrar de jeito nenhum nele.
Comprei em uma lojas de tecido do Centro do Rio e me virei na costura. Pra quem não quiser arriscar, pode pedir para uma costureira fazer a capa sob medida. O que não dá é pra deixar os sofás desprotegidos... eles SERÃO dilacerados. Fica o aviso amigo! =P
Aí quando vier uma visita, pode tirar a capa e expor seu sofá lindo como novo... mas no dia-a-dia, é bom que fiquem protegidos.

É bom também deixar alguns arranhadores pela casa, para que eles matem a vontade de arranhar algo. Além de claro, cortar as unhas dos pequenos periodicamente. O ideal é acostumá-los a cortar as unhas desde pequenos, senão pode se tornar um momento complicado e estressante.
Aqui os meus ficam quietinhos... mas no início não gostavam muito. É só ter paciência e não desistir.

Sofá do escritório com capa em Acquablock
Arranhador que fiz com tiras de papelão... aliás, também serve pra tirar uma soneca!


Cuidado extras:

Um belo dia chegamos em casa e encontramos nossos pimpolhos fechados no banheiro.
Deviam estar brincando e sem querer bateram a porta, ficando presos.
Ficaram sei lá quantas horas sem acesso à comida, água e caixa de areia: que dó!
Fomos no Multicoisas e compramos alguns desses protetores para porta em EVA, assim elas não batem mais. Solução simples!




Casa pronta, é só fazer o enxoval básico, com potinhos, ração de qualidade (Super Premium, sempre que possível... melhor gastar com ração do que com veterinário!), brinquedos, utensílios básicos e o mais importante: amor, muito amor!
Tenha certeza que eles retribuirão todo trabalho e esforço, muito além do que vocês esperam!

Foi uma mudança pra melhor em nossas vidas, nem lembro mais o que fazíamos quando não tínhamos eles... só sei que devia ser um tédio!

Um beijo grande, e adote consciente! =)

Chega de blog... vamos dormir agora, tá?


5 comentários:

  1. Muito legal!!!! Você escreve muito bem, amor!!!

    :D

    Nossos gatinhos são lindos!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Onde você achou essa fonte, Bia? Pensando pro meu canil (São 4 agora, talvez 5 em breve). Beijo, lindona.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossinhora! xD
      Comprei na internet, taca "fonte aqua amicus" que você vai encontrar ;)
      Bjs!

      Excluir
  3. Conheça a Destak Pisos temos os melhores pisos laminados do mercado!

    ResponderExcluir